Social Icons

Pages

sábado, 25 de abril de 2015

Você não vai acreditar no que estava preso atrás desta parede por 5 anos

Um gatinho do Cairo precisou passar cinco dos seus preciosos anos de vida trancado na parede de uma estação de metrô

Você precisa concordar: cinco anos é muito tempo. Nesse período você pode fazer uma faculdade de direito, engravidar e ver seu filho crescendo e até indo pra escola, ou uma série de outras coisas.

Agora imagine ficar por cinco anos preso dentro de um vão de parede. Difícil de se imaginar nessa situação, não é mesmo?! Infelizmente, um gatinho do Cairo, no Egito, precisou passar cinco dos seus preciosos anos de vida trancado na parede de uma estação de metrô.

No mês passado o tal gato, que se chama Biso, foi liberado dessa prisão na parede do metrô. Tudo começou quando uma foto que mostrava apenas a pontinha do rabo do animal para fora começou a ser compartilhada pelas redes sociais. As pessoas que passavam pela estação de metrô até sabiam que existia um gato ali, mas por questões arquitetônicas, não podiam derrubar a parede.

Apesar desse detalhe estrutural da estação de metrô, os defensores dos animais ficaram completamente indignados com a foto que foi compartilhada e decidiram que, independente de qualquer coisa, o gato preto precisava ser salvo.

No dia do resgate do gatinho na estação de metrô do Cairo, duas ativistas pelos direitos dos animais relataram que a situação do gato era realmente precária. “Quando nós removemos a parede, um cheiro assustadoramente forte surgiu do buraco negro. O vão tinha apenas 15 centímetros de largura e quatro metros de comprimento. Era como uma tumba. Havia vermes negros ao longo de toda a borda”, contaram Mounira Shehata e Marwa Elgebaly ao jornal The Cairo Post.
O gato só não morreu dentro do vão da parede porque um senhor conhecido como tio Abdo (um ex-comerciante local) o alimentava frequentemente através de um buraquinho na parede.
Você deve estar se perguntando como que o tal gato foi parar nesse lugar mais bizarro, não é mesmo?! Quem traz a resposta desse mistério é justamente o tio Abdo. Por volta de 2011, esse então comerciante tinha o hábito de dar comida para o gatinha de rua. Num determinado dia, Biso acabou brigando com um gato mais forte, que o deixou muito assustado, fazendo com que ele se espremesse contra a parede, passasse pelo buraco e nunca mais retornasse.

No total, o resgate demorou mais de cinco horas para ser concluído, e muitas paredes precisaram ser retiradas do lugar.
Não consigo nem imaginar o que é ficar presa por cinco anos. Fiquei muito feliz pelo fato de o gatinho ter conseguido sair do buraco, mas será que depois de tanto tempo enclausurado ele vai conseguir se adaptar? O que você acha, leitor?

Um comentário :

  1. o gatinho vivia de gas carbonico, bote lixo fica postando merda

    ResponderExcluir